TODOS OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS TEM SEUS DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS, DE ACORDO COM A LEI 9610/98.

.

10 de jun de 2017

CARAMBA!










Saudades
das tuas vontades...

Quisera tocar
teu corpo ainda molhado,
te amar...

Suely Ribella ©

30 de mai de 2017

L'AMORE SE NE VÀ...














O amor não se foi, não irá,
e os sonhos permanecem
contigo, comigo...
Nosso amor é presente,
do passado, do futuro...
Sempre estarei contigo,
não temas, não sofras,
sou tua, somente tua...
O amor não se foi, nem irá,
nem os nossos sonhos...
Il vero amore non finisce mai.

Suely Ribella ©

20 de mai de 2017

SECURA













Não te fecho a porta,
não fecho a torneira,
quero que venhas
matar tua sede,
traz-me da água
que sabes meu gosto,
dou-te do gosto
que te sei qual é.

Suely Ribella ©

10 de mai de 2017

INCOMPLETUDE












Essas mudanças de humor
que sofremos,
essa insatisfação enigmática
em que vivemos,
nada mais são do que a falta
que nos fazemos...
Falto-te, faltas-me.

Suely Ribella ©

30 de abr de 2017

É ASSIM...


Alegria
Emoção
Felicidade
COM VOCÊ

Amor
Paixão
Carinho
POR VOCÊ

Tristeza
Amargura
Solidão
SEM VOCÊ

Saudade
Carência
Desejo
DE VOCÊ

Eu
Toda
Inteira
PRA VOCÊ

Suely Ribella ©

20 de abr de 2017

LEMBRANÇAS...


Às vezes, eu sinto
uma inquietação,
uma angústia,
uma vontade imensa
de ter você comigo,
de ficar juntinho,
sem precisar dizer nada,
só sentindo sua respiração,
seu coração batendo,
meu corpo junto ao seu,
seus braços me envolvendo,
suas mãos me acariciando...
Como naquela tarde...

Suely Ribella ©

10 de abr de 2017

JEITO IRRESISTÍVEL


Sensual,
sexual,
malicioso,
misterioso, 
excitante,
apaixonante,
sedutor,
dominador,
naturalmente
envolvente...
Você!

Suely Ribella ©

30 de mar de 2017

MERGULHO

Nadar
na superfície,
mergulhar
de cabeça,
sem medos,
ir ao fundo
do mar,
sentir
na pele,
o prazer
do contato
íntimo
da água,
do sal...

Suely Ribella ©

20 de mar de 2017

SÓ NOSSOS







Aqueles momentos nossos
não divido com ninguém,
são meus e teus, são só nossos,
não pertencem a mais ninguém...

Suely Ribella ©

10 de mar de 2017

ANSIEDADE


Quando te vejo chegar,
sinto que valeu a pena
esperar...
quando te sinto comigo,
esqueço a ansiedade
em que me encontrava,
ante a dúvida
se virias ou não,
se eu ainda teria,
novamente,
meu corpo em tuas mãos...

Suely Ribella ©

28 de fev de 2017

POESIA


Sou a poesia,
o encanto, a magia
que alegra a tua vida...
Sou a poesia
que docemente apimenta
tua noite, teu dia,
acalma e desorienta
teu pensamento,
enternece e excita
os teus sentidos,
provoca teus gemidos
de prazer,
te faz sonhar, sorrir,
amar, viver!

Suely Ribella ©

20 de fev de 2017

GRANDIOSO

Passear
pela areia,
cavalgar
no mar,
inalar
seus perfumes,
ver as cores
do céu,
saborear
a liberdade,
sentir
a vida!

Suely Ribella ©

10 de fev de 2017

TRÊS PONTINHOS

Reticências...
Uma parada a tempo,
uma provocação,
lá vão elas
instigando a imaginação...
Três pontinhos,
seguidinhos,
mexendo com o coração...

Suely Ribella ©

30 de jan de 2017

(A)GUARDANDO...

Apenas sonho,
sei que nada devo esperar,
nada posso querer...

Posso esperar a morte,
mas, essa não quero,
ela que me espere!

Nada espero, nada aguardo.

Guardo-me, guardo-te. Somente.

Suely Ribella ©

20 de jan de 2017

BOLSO

...me põe no teu bolso,
me leva contigo
por onde tu fores,
caminha tranquilo,
eu fico quietinha,
mas de vez em quando
me tira do bolso,
me põe na tua mão,
com muito cuidado,
me beija, me afaga,
conversa comigo,
me guarda de novo,
me põe no teu bolso,
me leva contigo...

Suely Ribella ©

10 de jan de 2017

O PENSAMENTO

O pensamento é livre,
o coração bate forte,
a alma sente felicidade...

O pensamento voa,
vai aonde quer,
com quem quer...

O coração e a alma
acompanham o pensamento...
O corpo, nem sempre...

Suely Ribella ©

30 de dez de 2016

MAIS UM ANO...

Um ano chegando ao fim,
um outro se anunciando,
e a gente teimando, sim,
pra ver tudo melhorando...

Ano Novo, não me apronta!
Nada de dores, tristezas,
quero alegrias sem conta,
e muitas boas surpresas.

Suely Ribella ©

20 de dez de 2016

BIPOLARIDADE AMOROSA

Há uns dias em que não almejo
mais do que um abraço teu...
um abraço terno, cúmplice,
que me faça sentir protegida...
Há outros dias em que desejo
que me possuas vorazmente...
e a timidez, o pudor (tão inoportunos)
me impedem de te confessar...

Suely Ribella ©

10 de dez de 2016

NO PASSAR DAS HORAS

As dores passam,
as nuvens passam,
as pessoas passam,
o tempo passa,
a paixão passa,
quase tudo passa
e o que não passa
a gente leva
quando a gente passa...

Suely Ribella ©

30 de nov de 2016

CORAÇÃO


Estou pensando seriamente
em deixar você de lado,
o único problema
é meu coração apaixonado...
Digo para ele te esquecer,
mas ele é tão teimoso,
não quer me obedecer...
Diz que não vai mais pulsar
se eu de você me afastar...

E agora, o que eu faço?!

Suely Ribella ©

20 de nov de 2016

ILUSÃO


Pressinto que não virás,
e que meu não serás,
mas te sonho e te espero...
Ah, quanto quero
ter-te sempre comigo,
cúmplice, amigo,
amante, amado,
apaixonado!...

E assim me iludindo,
sigo sorrindo,
te sonhando
e te esperando...
E nessa ilusão,
cheia de emoção
vivo, poeto e canto
por te amar tanto...

Suely Ribella ©

9 de nov de 2016

SUSTO

Vivemos ocupados,
andamos distraídos,
negando atenção
ao coração...
Um dia acordaremos
lembrando de nós...
e não perceberemos
que passou da hora,
já fomos embora...
A vida e a morte
sempre se encontram,
não dá pra fugir,
não dá pra enganar,
elas estão
em todo lugar...
São boas de briga,
vence a melhor,
a mais esperta,
a morte é certa...

Suely Ribella ©

30 de out de 2016

ZUNINDO











O vento zune
na noite quente...
Insone,
pela casa, vago...
Janela aberta,
observo a lua...
Meu olhar,
pelo céu passeia,
divago...
Meu pensamento
vai aonde quero...
te trago...
A lua é cheia...
te trago...

Suely Ribella ©

20 de out de 2016

VIDA DE POETA















Desejei o carinho que não tive,

esperei pelo abraço que não veio,
sonhei... e só assim cheguei até aqui...

E por te amar, sorrio, poeto e canto
teus encantos que aos meus olhos
e aos meus sentidos são tantos...

Entre desejos, esperas e sonhos, amo.

Entre versos, rimas e ilusões, vivo.

Suely Ribella ©

10 de out de 2016

JANELAS














Janela
franca
mente
aberta
para o mundo.
Janela
feliz
mente
aberta
para a vida.
Suely Ribella ©   

30 de set de 2016

AS RETICÊNCIAS...










As tuas, as minhas,
as nossas reticências...
Saliências... ou não...
Timidez, talvez...
Medo... não...
Respeito... sim...
Deixando o pensamento
seguir adiante,
do jeito que se quer
ou, nos entendendo,
assim... do nosso  jeito...
Assim, nós...
Assim... e tanto...

Suely Ribella ©

20 de set de 2016

MUITO POUCO














O pouco que não tenho,
poderia ser tanto
se o tivesse...

O muito que tenho,
é nada diante do pouco
que não tenho...

Você...

Você...

Suely Ribella ©

10 de set de 2016

SIM













Sorrir,
soltar-se,
subir,
saltar,
sambar,
saracotear,
sacudir-se,
sapatear,
suar,
sorrir,
superar-se,
sentir-se,
sempre,
simplesmente,
sensacional!

Suely Ribella ©

30 de ago de 2016

MATIZ

Tem dia que a gente tenta
por na vida algumas cores,
pinta, clareia, escurece,
enfeita aqui e acolá,
não adianta, as sombras
não querem colaborar...

Suely Ribella ©

20 de ago de 2016

FRANQUEZA


Às vezes, bastam bem poucas palavras
para que uma relação se acabe...
seja ela de amor ou de amizade...
A franqueza de um pode ferir o outro...
Quantas vezes, vivemos falsamente...
com medo de falar, de magoar,
de pôr tudo a perder...
e deixamos de ser nós mesmos...
e não nos mostramos...
E quantas vezes, por isso mesmo,
sofremos e fazemos sofrer...

Às vezes, bastam bem poucas palavras
para que uma relação se fortaleça,
para que melhor se conheça quem as diz...
A franqueza é necessária numa relação,
seja de amor ou amizade...
E quantas vezes, essa franqueza,
engrandece quem faz uso dela!
Ainda que a princípio, choremos
ou façamos chorar...

Suely Ribella ©

10 de ago de 2016

EFERVESCENTES













Efervesces,
efervesço,
em ebulição
a ti me ofereço...

Serve-te de mim,
bebe-me,
sorve-me,
absorve-me...

Suely Ribella ©

30 de jul de 2016

SEMPRE COMIGO...











E de repente,
perderam-se de mim,
os meus pensamentos...
e perdidos,
já não sabiam voltar,
ou não queriam...
Estavam contigo...

Suely Ribella ©

20 de jul de 2016

NO INVERNO











Uma boa companhia,
vinho e papo inteligente,
no inverno traz alegria,
aquece a alma da gente.

Suely Ribella ©

10 de jul de 2016

DESENHOS


Sonhos são desenhos
que a gente faz...  
Eu faço desenhos,
às vezes, doidos,
às vezes, de amor e paz...

Suely Ribella ©