TODOS OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS TEM SEUS DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS,
DE ACORDO COM A LEI 9610/98.



10 de mai de 2016

ACORRENTADA


Não me acorrentes a ti,
por favor,
bem sabes que não é preciso,
deixa-me livre
para ir e voltar,
maior corrente e mais forte não há,
que este amor sem juízo,
que vivo a te devotar.

Suely Ribella ©